Quarta-feira, 03 de Junho de 2020

Buscar   OK
No Ar
PROGRAMA DO MUMU com Murilo Marques
Hora Certa

Rádio Terra Rica: (44) 9 9129 9530

Redes Sociais


PARCEIROS TERRA HD
Enquete
Qual dessas Redes Sociais você acessa?

 Instagram
 Youtube
 Facebook
 Twitter

Paraná

Publicada em 14/08/15 às 11:16h - 619 visualizações
Lucro líquido da Copel cresce 21% no segundo trimestre
Resultado veio bem acima do estimado pelo mercado, que previa lucro na faixa de R$ 203 milhões

Gazeta do Povo


No segundo semestre do ano, a receita operacional da Copel atingiu R$ 3,9 bilhões, valor 25,4% superior ao mesmo período de 2014  (Foto: Reprodução)

A estatal paranaense de energia Copel registrou lucro líquido de R$ 302 milhões no segundo trimestre de 2015, uma alta de 21,7% ante o mesmo período de 2014 - o resultado veio bem acima do estimado por analistas consultados pela Reuters, que previam um lucro de R$ 203 milhões. O número consta de balanço divulgado pela empresa na noite desta quinta-feira (13).

A geração de caixa medida pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) foi de R$ 493 milhões no período, uma alta de 5,7% ante o ano passado, também superior às projeções do mercado, que apontavam para R$ 462,7 milhões.

No segundo semestre do ano, a receita operacional da Copel atingiu R$ 3,9 bilhões, valor 25,4% superior ao mesmo período de 2014. Já os custos e despesas operacionais de abril a junho atingiram R$ 3,6 bilhões, 27,9% maior do que no segundo trimestre do ano passado - resultado influenciado, segundo a companhia, pelo maior custo com aquisição de energia no período.

Desempenho das empresas

Copel Geração e Transmissão teve uma receita operacional líquida de R$ 659,6 milhões no segundo semestre, valor 18,6% inferior ao constatado no mesmo período do ano passado. O lucro líquido foi de R$ 123,8 milhões .

Por outro lado, a Copel Distribuição registrou uma receita operacional líquida de R$ 2,4 bilhões, 53,4% maior do que o R$ 1,6 bilhão do segundo trimestre de 2014 - resultado diretamente ligado ao reajuste nas tarifas aplicado desde o início do ano, conforme a companhia.

O último reajuste nas tarifas aplicado pelo Copel entrou em vigor no dia 24 de junho - para a alta tensão, que abrange principalmente o setor industrial, o aumento foi de 15,61% e, para o consumidor residencial, de 14,62%.

Somando o novo aumento ao reajuste extraordinário aplicado em março, de 31,87%, a fatura das residências do Paraná subiu 51% apenas em 2015.


Por fim, a receita da
 Copel Telecomunicações atingiu R$ 67,9 milhões no segundo trimestre deste ano, valor 38% superior aos R$ 49,2 milhões do mesmo período de 2014.A conta não inclui o impacto da bandeira tarifária vermelha, cobrada quando há restrições na geração hidrelétrica e que hoje impõe um adicional de R$ 5,50 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos. Segundo o balanço da Copel, de janeiro a junho a companhia registrou R$ 542,5 milhões referente à receita das bandeiras - desde o início do ano, o setor elétrico brasileira opera com bandeira vermelha.





TERRA HD A RADIO MUITO MAIS PARA VOCÊ
Copyright (c) 2020 - Terra HD - Todos os direitos reservados